terça-feira, 30 de novembro de 2010

Estudantes italianos fizeram como nós


a faixa deles era um pouquinho maior...

Manifestantes estendem faixa do penúltimo andar da Torre de Pisa com a frase "Não à reforma", em Roma
foto: AP

Dezenas de estudantes ocuparam nesta quinta-feira a famosa torre inclinada de Pisa, na Toscana, centro da Itália, para protestar contra a reforma universitária prevista pelo governo de Silvio Berlusconi. Os estudantes abriram uma faixa no penúltimo andar da torre com a frase "Não à reforma".


Em outras cidades italianas, milhares de estudantes saíram às ruas pelo segundo dia consecutivo para protestar contra a reforma do ensino superior prevista pelo governo de direita.


Em Florença foram registrados confrontos e vários estudantes ficaram feridos. Em Roma nenhum incidente foi anunciado.

Confrontado pela crise econômica, o governo italiano adotou várias leis em dois anos de mandato que terão como efeito o corte de nove bilhões de euros e de 130 mil postos de trabalho na educação nacional, entre 2009 e 2013.


A reforma universitária prevê a fusão dos centros menores, o acesso aos conselhos de administração de especialistas de fora do mundo acadêmico e a redução do mandato dos reitores.

Os críticos afirmam que o objetivo principal é a economia, como por exemplo com a não renovação dos contratos fixos de milhares de pesquisadores.


A reforma universitária deve ser votada em 30 de novembro pela Câmara dos Deputados. O documento pode voltar ao Senado para uma terceira e última votação, caso o texto adotado pela Câmara seja diferente do votado há alguns meses pelos senadores.

9 comentários:

Alex Willian disse...

A nossa foi pintda por um membro da classe trabalhadora: o garçon.
=]

PHILL NATAL disse...

Mas tinha toda uma equipe de apoio... rs...

brunosocialista disse...

hahaha.. eu ri!

Anônimo disse...

A-D-O-R-E-I

uahauahuahauahauha

Maga disse...

Ae Alex
é lá na cidade dos Médici...
imagine substituir garçom da família maringaense por garçom da família Médici??
C aprendeu a envenenar né??
o lance do anel lá
rsrs

Alex Willian disse...

Opa! tive uma boa professora! rsrsrs

Bartolomeu disse...

http://www.nodo50.org/insurgentes/textos/cultura/11terrorismopoetico.htm

Anônimo disse...

Ahum.. a conjuntura é a mesma.. espero q voces não peguem dinheiro do DCE para irem fazer revolução na Itália!!!!

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Fazer revolução na Itália? Valeu pela piada!

O DCE não é revolucionário meu caro, ele não tem o mínimo poder de transformar a sociedade. Olhe para o movimento operário, o movimento camponês, talvez aí você encontre o potencial de transformar a sociedade. O que o DCE pode fazer é mudar um pouco a UEM, e isso com a participação ampla dos estudantes.