segunda-feira, 28 de março de 2011

Descascando o abacaxi do RU-I

Por que o RU está fechado?

Caros colegas, já há alguns anos que a situação do RU está precária. No Sábado, como o almoço não seria servido pelos funcionários do RU, já que estes estavam paralisados em forma de protesto, a reitoria decidiu realocar funcionários de outros setores da UEM para servir o almoço. Em forma de apoio aos funcionários, nós do DCE organizamos um “Pula-catraca” e por fim, dado a situação emergencial nós, estudantes, servimos o rango de graça para toda a comunidade. O objetivo deste ato foi apontar os problemas do restaurante para a comunidade acadêmica.Problemas que vem desde as grandes filas (desde de 2006 o número de usuários triplicou, porém a estrutura permanece a mesma desde então), da baixa variedade e qualidade do cardápio, falta de funcionários, condições ruins de trabalho até a principal reivindicação dos funcionários que é a imediata exoneração da chefia do RU e da DCT.

O problema, que acontece hoje entre a administração e os funcionários atuais do RU-I, é resultado do cumprimento das promessas de campanha feitas pelo antigo reitor aos estudantes, que foram cumpridas não com os investimentos necessários (sobretudo a contratação de funcionários e o aumento na estrutura dos maquinários) para garantir a permanência dessas melhorias, mas sim com acordos imediatos que conseguiram num primeiro momento cumprir as promessas, mas que há muito tempo se mostram insuficientes para a manutenção do RU.

Já faz mais de um mês que os funcionários reivindicam melhorias e até o momento não foram atendidas. Portanto a paralisação do RU é devido a falta de atenção e comprometimento da administração da UEM (reitoria), e não do DCE, ou dos funcionários do RU. Ao contrário, estes lutam pela qualidade do serviço oferecido.

Diante disso, convocamos todos os estudantes para somar forças com os servidores do RU para ir às 17:00 hrs à reitoria conseguir solucionar o atual impasse, pois se não for solucionado não haverá refeições amanha!!

Com atenção à todos, DCE da UEM.

Mais informações; www.movimenteseuem.blogspot.com ou pelo telefone 3011-4205.

3 comentários:

Samuel disse...

E cadê a coerência desse protesto??

Lucas Pepito disse...

E ai galera. Eu estive presente na reunião na reitoria agora a tarde. O reitor se preocupou em ser "curto e grosso", mas no fim das contas, a hosana fica. E ai? como ficam as coisas? A greve continua? O corte de horas extras continua? Quem pagara os almoços servidos de graça no sabado?
Obrigado
Lucas Ferreira Cabreira, academico do 3º ano direito matutino

سارة sara disse...

Essa prática de trabalho no RU por estudantes nega condições de igualdade.
É uma boa alternativa essa medida de isenção para estudantes com baixas condições.A permanencia na universidade de quem nao tem renda depende destas ações.
O RU tem que funcionar com concursados.
Comida de qualidade é o mínimo, sem cortes. Já cortaram uma salada, reparem que tem um espaço na bandeja. A política da UEM precisa ser revista.
O movimento social é legitimo garantido na constituição.
Movimente-se pelos seus direitos sem depredar o patrimonio e cometer ilegalidades...vamo lá fazer a comida !!!!