quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Comissão de Finanças Informa:

A comissão de finanças da nova gestão, Movimente-se UEM, recebeu da antiga gestão do Diretório Central dos Eestudantes, Chapa Quente - Bonde do Amor, o valor em caixa de R$ 1.376,40. Porém, eles entregaram os livros de notas fiscais apenas de dois meses, referentes à novembro e outubro. Assim, a antiga gestão se comprometeu em entregar o restante das notas no primeiro CEEB realizado por nós da Movimente-se UEM, provavelmente no primeiro mês de aula.
Além de problemas ocasionados pelo mal planejamento do calendário acadêmico, por parte da antiga gestão, também tivemos que arcar com algumas despesas deixadas pela mesma, como o aluguel da mesa de sinuca e uma dívida no xerox do DCE referente a 250 cópias. Tivemos gastos também com as trocas das fechaduras e a senha do cofre do Diretório Cental dos Estudantes.
Os Aluguéis continuam o mesmo valor cobrado pela antiga gestão, entretanto no periodo de férias o aluguel sofre (como sempre sofreu) um corte de 50%.
Estamos trabalhando 'a todo vapor' e logo mais divulgaremos a primeira prestação de contas da gestão empossada.

Abraços,

Comissão de Finanças.

57 comentários:

Maga disse...

é sempre assim....
as vezes eu até acho inevitável herdar alguns gastos na troca de gestões....
nada comprometedor, mas nada que se deva esquecer de denunciar...

começemo a trabaiá!
The Great Tiê!

ViSTA iNCHADA disse...

e aquele monte de folder colorido high tech dos convenios das carteirinhas da UNE que o bonde fez?

sobroram umas quatro caixas intupidas com esses folders que eles simplesmente "esqueceram" de entregar para os estudantes que fizeram as benditas carteirinhas... um puta disperdício de material!

sem falar das sacolas de lixo para carros - sobrou um saco cheio de sacolas com aquele emblema cordial voador do bonde e o emblema do rotaract..

sobraram também vários manuais do calouro 2010 e algumas camisinhas..

..puts, era só entregar e nem isso fizeram.. onde estavam? fazendo o que?

também deixaram dívidas e também esvaziaram o arquivo do dce com documentos relativos aos centros acadêmicos e ao próprio dce..

Marta disse...

diversas são as formas de cair na tentação do amor, tbm diversas são as formas as quais simbolizam e retomam sentimentos lascivos do fundo da alma feminina. em vc, foi, é, e continuara sendo, esse som grave, mas suave, rouco e dengoso que sai de teus labios, e me deixa gamada, de 4, esperando pelo ato - 'barto los mios' grados a ti, simpre xxx

Anônimo disse...

ahahahahhahahahahahha essa marta é uma comédia.... hahahah

Anônimo disse...

Deixaram menos dívidas que a Auto Gestão da Filosofia deixou para o CA que hoje está sem eleição ... está irregular!

Abaixo a Ditadura da Filosofia!
Eleição direta Já!

Deixaram menos dívidas que a Caminhando do Sr. Phill deixou... Deixaram mais dinheiro em caixa que a caminhando...

Aliais eles deixaram mais dinheiro que dívida neh... sobrou dinheiro até para vocês beberem e fumarem no DCE!!!

Anônimo disse...

O DCE tinha que conversar com os pessoal da filosofia que está com mandato vencido e explicar que quando isso ocorre é antidemocrático!!! vira didatura dos fedidos!
Como ocorre em Sociais.... o CA. não faz nada pelos alunos.... não há realização alguma.. o curso ta sem bloco a anos eles nunca fizeram uma manifestação.. são mais pelegos que todos....

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Ah sim, o grito de dor dos derrotados...O Cafil representa os alunos da filosofia, e são eles que devem debater os problemas de seu curso e do Cafil. Este blog é da gestão Movimente-se UEM que venceu para o DCE. Pelo CAFF eu posso falar algo porque participo há mais de 2 anos e meio de sua autogestão. Gostaria de saber como que a autogestão do CAFF é uma ditadura se as decisoes são tomadas em assembléia. Até agora ouço um monte de rugidos sem argumentos. O CAFF não faz nada pelos alunos? Realizamos 11 saraus para TODOS os alunos da UEM quando o Bonde se negou à realizá-los para agradar a reitoria. Conseguimos o espaço físico para o CA, realizamos várias assembléias com a participação de metade dos alunos que frequentam as aulas, coisa nenhum outro CA consegiu realizar até hoje. Realizamos um minicurso de política com 6 professores diferentes. Realizamos no começo deste ano a melhor calourada de CA que ocorreu na UEM, com uma semana inteira de atividades: trote, um sarau, uma festa, 3 debates e oficinas de mozaico, estencil e tie-dye. Conseguimos um ônibus de graça para o Encontro Regional dos Estudantes de Ciências Sociais realizado na UEL. Só para comentar algumas da realizaçoes. Mas de qualquer forma, como já dissse, este blog é da Movimente-se UEM, nova gestão do DCE, e não do CAFF. Em relação ao bloco de sociais, ele está sendo contruido do lado do I12, se me lembro direito é o bloco I24, que possui 4 andares.

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Em relação à falar da Caminhando, a Movimente-se UEM não é a finada Caminhando, e os membros da antiga gestão Caminhando formam uma minoria dentro da chapa. Eu, pessoalmente, nunca fui da Caminhando nem simpatizei, inclusive o primeiro post do meu blog em 2008 (http://proletariolibertario.blogspot.com/2008/10/palhaada-de-debate.html) critica o Bonde E a Caminhando. E em relação aos membros da chapa Movimente-se UEM tomarem, cada um paga o que consome com o dinheiro de seu bolso. Lembro ainda que a antiga chapa Expressão, que se transformou na chapa Alteração e disputou o DCE junto com o Bonde (chapa Quente o Bonde do Amor por + Alteração) é acusada por muitos de VENDER PEDRA no DCE.E para terminar, falando de dinheiro, CADÊ O DINHEIRO DO SHOW DO VELHAS QUE O BONDE NUNCA DECLAROU?????????????????

Anônimo disse...

MOVIMENTE-SE UEM = CAMINHANDO

NÃO SE ENGANE!

João disse...

"Nós somos ruins porque eles foram pior!
Nós mentimos porque eles mentiram!"

Vocês são cômicos!

Já pensaram em ser alguma coisa além de paralelos com os outros movimentos que a movimente-se nega tanto!

Movimentando o caixa do PSTU para continuar caminhando para o nada!

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Ao anônimo e ao "João":

Vocês tem uma obsessão (Freud diria que é sexual) com a Caminhando e o PSTU. Sugiro que procurem um psicólogo. A UEM oferece tratamento gratuito com os formandos do curso de Psicologia, auxiliado pelos professores. É só ir no ambulatório e pedir para marcar uma consulta.

A Movimente-se UEM não é a antiga Caminhando. Os estudantes que participaram da Caminhando formam uma minoria dentro da chapa, e só há dois membros do PSTU. Na minha humilde opinião, se é para comparar a Movimente-se UEM com alguma chapa anterior, ela se assemelha muito mais à Chapa Descentralize de 2009, que introduziu a idéia da descentralização do DCE no Movimento Estudantil da UEM.

Caixa do PSTU? Nossa campanha foi realizada exclusivamente com contribuiçoes de professores e acadêmicos da UEM.

O Movimento Estudantil da UEM não se reduz ao simplismo que vocês acreditam de Bonde do Amor (Bonde do Reitor) vs. Caminhando. Em vez de vir aqui falar baboseiras cheio de pedras nas mãos, por que não vem com argumentos?

Tiê disse...

Olá aos seres internautas. Sobre o CAFIL (Centro Academico de Filosofia) eu posso falar um pouco, porque fiz parte ano passado e retrasado. Nós fizemos muitas coisas, tantas, que se eu for listar aqui serão necessarios muitos comentários, e como o Barto disse, este blogger é do DCE gestão 2011. Mas já que estes baderneiros virtuais querem misturar tudo, oucupar o proprio, e o tempo alheio, com intrigas e diz que disse, vamos lá. Pra começar o CA não arrecadava verga alguma, até eu centralizar as pastas de xerox e levar para fora da UEM, no R$0,07 (sete centavos) então passamos atirar cópias mais baratas e ainda receber R$180,00 por mês. Peguei o CA sem verba alguma e passei o caixa para a nova gestão com mais de R$700,00. Isso para a oposição do bonde dentro da filosofia, que são as meninas: Pamela (responsavel pela cultura do DCE no ano passado, em que houve desvio de verba com curso de Teatro, que não aconteceu; e Shows, como foi o caso do Velhas Virgens, Pedra Letícia e tantas outras atrações...) A Vânia que parecia ter boas intenções, apesar de ser membra da UJS, mas nunca ajudou em nada, a não ser quando foi pra fazer campanha pro Bonde; e a Fran, capitã do grupo, ex-presidenta da UPES, filiada ao Partido PCdoB, conhecida na filosofia por ter arquitetado um golpe no CAFIL durante um evento em que o CAFIL tinha conseguido um onibus de graça para toledo no congresso mais importante de filosofia do Paraná. Antes de nós, ou eu mais as pessoas que estão na atual Gestão do CAFIL e do DCE, não tínhamos espaço físico. Não tínhamos apresentações artísticas, não tínhamos representantes no Departamento, não tínhamos computadores, telefone, café, não tínhamos nada! Nem Bloco para os Professores, e nós tivemos participação nas conquistas. Claro que também temos que estudar, ler muito, mais do que leio atualmente. E como conciliar as coisas?

Tiê disse...

O bonde através destas pessoas, e mais algumas outras nos respondeu com uma eleição no fim do ano, junto com provas, trabalhos e exames. Era tudo que o estudante de filosofia precisava, ocupar o tempo com política dentro do próprio curso, causando um racha dentro das salas de aula, porque a forma como foi feita levou as pessoas a decidirem um rumo para o CA no fim do ano, quando todos alunos não tem mais tempo pra nada e depois tiram férias, ficam longe de Mgá. Então para não cometer o mesmo erro o atual CAFIL decidiu deixar as eleições para o início desse ano. Porque pra ter eleição tem que ter comissão eleitoral, chapas interessadas, e o mais importante, estudantes mobilizados, atentos para o rumo da entidade, com isto levanto o seguinte debate, por que em uma entidade tão pequena como o CAFIL, em um curso com 60 alunos votantes temos que ter uma diretoria presidencialista, como a Fran, Vania e Pamela defendem? Quem sai ganhando com isso? Na república em que eu moro não tem presidente, não sei a que elas moram, mas nós decidimos todos os assuntos com converças em que ninguém tem mais poder que o outro e todos são ouvidos. Por que privar os outros de participarem do CA? Por que se desgastar com eleições ao invés de nos unirmos por conquistas para todos? Eu particularmente não clamo por ter alguém me representando dentro do CAFIL, ao contrário, quero apenas ter a possibilidade de me representar nas decisões, de falar a minha opinião particular dentro das reuniões que decidem o rumo da entidade. A Fran colocou um tópico na comunidade no Orkut do CAFIL puxando eleições no CAFIL, ningfuém respondeu, nem as próprias colegas, não gerou um bafafa, não teve um movimento pró eleições, e agora ela vem aqui ver se consegue apoio das pessoas de longe do curso, isso se assemelha a um golpe de estado com ajuda internacional, não tem apoio na base, acha que tem a razão e que todos estão errados e não respeita a vontade da maioria, que pelo que me parece é esperar a época de provas, esperar a realização da viajem para o Rio de Janeiro no encontro de Filosofia, que o CA promoveu, que estará acontecendo agora dia 13 de janeiro. Proponho para os cursos pequenos, como é o nosso caso, a autogestão, reuniões abertas com direito de voto para todos do curso. Temos que mudar o nosso Estatuto, assegurar assembléias mensais! Penso isso, mas estou disposto a mudar de opinião se alguém me convencer que há uma maneira melhor de funcionar o CAFIL.

Anônimo disse...

Ah então a ditadura é justa porque o pessoal estava muito ocupado para fazer uma eleição em um curso que frequentam 60 alunos!?

Quer dizer que a democracia acaba porque algumas pessoas não querem ter responsabilidade com o CA e por isso preferem a auto-gestão igual da socias que só faz churasquinho pros amigos da auto-gestão!?

Imagina não se fazer eleições de 4 em 4 anos porque tem a copa e isso damanda muito tempo... daí quem leva mais gente decide?
kkkkkkkkkkkkk

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Churrasco do CAFF? Quem me dera, até agora nunca teve churrasco do CAFF, mas é uma boa idéia hein!

Tiê disse...

Se eu pudesse aparecer na prefeitura, falar e votar (assim como todos os outros cidadãos, incluindo o tal prefeito) não me incomodaria em nunca mais ter eleição para prefeito. Ao contrário acharia melhor porque não seria a opinião do Silvio Barros que iria prevalecer...

Francielle Cruz disse...

Querido Tiê, primeiro me permito o direito de rir do seu post...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Segundo, golpe que puxa eleição???
asoidjoiasjdiojasiodj
acho que golpe é outra coisa... não?
Sobre defender o "presidencialismo" no CAFIL, já discutimos isso em ASSEMBLÉIA GERAL do C.A.F.I.L., que vc estava presente, ou você não lembra daquela reunião do I12, que em frente a mais ou menos 30 estudantes de filosofia eu 'respondi' pq defendia a direção...
Bom, mas como a verdade a sua e o brinquedo é seu, né?
uahsuhuahsuhaushuahs
beijos e até o começo das aulas. :*


ps- Vc tem que saber fundamentar melhor suas mentiras... ou melhor, suas verdades inventadas...

Anônimo disse...

Tive que vir conferir o post do Tiê.

Tiê, não tenho nada contra você, poderia escrever milhares de argumentos para justificar a importância da manifestação no final de 2009 ao qual foi puxada comissão eleitoral no CAFIL.

A unica coisa que tenho a dizer é:

Fiquei muito feliz em ver alunos como Thais Hammer, Glaucia, Debora e Cabelo que nunca se interessaram pelo movimento estudantil se proporem a participar.
Fiquei feliz em ver uma sala de aula com aproximadamente 35 ou 40 alunos discutirem os rumos do CAFIL levando novas idéias para atividades futuras.
Não vejo que foi tão ruim assim, de repente, se tivesse continuado do jeito que estava, estas pessoas que hoje participam não teriam conhecido o movimento estudantil.
E vejo que você próprio Tiê, amadureceu bastante depois do episódio do final de 2009.
E muito me alegra perceber que as pessoas podem mudar, pois se conseguimos construir alguma consciência no meio disso tudo é por que o episódio foi importante, você não acha?
Que essa consciência atinja a todos cada vez mais de forma a incentivar a participação, pois só com a participação de todos teremos uma luta legitima, mas não me perco na utopia de pensar que isso é possível de uma hora para outra, mas se acreditamos que podemos construir uma consciência de coletividade e se dispomos de boa parte do nosso tempo na militância para isso é por que há esperanças dentro dos nossos corações de que dias melhores poderão surgir.
Mas uma coisa temos que entender, o inimigo não é você Tiê e nem ninguém da movimente-se UEM, o inimigo está lá fora, é tão grande que muitas vezes sai do alcance dos nossos olhos e acabamos nos perdendo acusando aqueles que poderiam estar na luta junto com nós, mas que, devido a esse rancor e a essa mágoa que carregamos em nossos peitos esquecemos que no fundo, somos todos vítimas, todo vítimas do sistema econômico de concentração de mercado, onde quem manda não é eu e nem você.
Mas é isso ai. Chegou a vez de vocês dirigirem a entidade de representação dos estudantes da UEM.
Boa sorte.

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Post no meu blog de 2009 sobre o Golpe do CAFIL: http://proletariolibertario.blogspot.com/2009/11/golpe-contra-autogestao-no-cafil.html

Vânia disse...

O post anterior ao do Bartolomeu é meu: Vãnia, esqueci de assinar.

Vânia disse...

Não tinha lido o post anterior ao do Tiê, li somente o dele e depois que fui ver que tem outro falando do CA de Filosofia.
Espero que nas eleições, consigamos mobilizar os estudantes da filosofia para a participação, que haja um tempo favorável para o pessoal que quer formar chapa se organizar e que haja um debate bem divulgado para que possamos todos levar nossas idéias.
Agora, se o CAFIL está com problemas ou não, deveria conversar com os estudantes, para que assim, possamos juntos buscar soluções.
Enfim, é isso.

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tiê disse...

Talvez querida Francielle Cruz, me lembro dessa reunião, que você impediu que virasse Assembléia Geral logo no início deste aglomerado de mais de vinte estudantes dentro de uma sala de aula após o termino do período, que foram convidados por nós ( que realizavamos, na semana anterior, que antecedeu esta reunião de vinte poucos individuos, um ônibus para Toledo - pago pela UEM para o Congresso de Filosofia Moderna e Contemporânea mais reconhecido do PR) à participar de tal evento, a maldita/bendita reunião (que segundo vc, Fran, agora era uma Assembleia Geral) com vinte e tantos estudantes do curso. Notou que engraçado a minha/tua memória? Se lembrou que vcs havião desinstituido nós em quanto nós estavamos fora? Vcs participaram das assembleias anteriores em que ja haviamos discutido esse assunto (presidencialismo ou auto-organização), além de muitos outros, como o ônibus para Toledo, a carta de revindicações à reitoria em 2009, o pedido de abertura dos banheiros para sarais, centralização das pastas dos xerox (que todos presentes, inclusive vcs, ficaram de achar empresas que pegassem todas nossas pastas em troca de um patrocínio, e só eu tinha perguntado nas xerox dos outros cursos dentro da UEM e procurei também fora, daí nos discutimos as quatro propostas que eu levei, porque vcs não tinham levado nada, e votamos para colocar no 0,07 e receber um aluguel menssal de 180,00, se lembrou), em fim vc chegou a pedir em uma reunião eleição, eu te respomdi que beleza, era só nós colocarmos como ponto de palta da Assembleia Geral, que era convocado todo mês, até coloquei na pauta da Assembléia seguinte, mas vc mesma não foi, e não foi por falta de divulgação porque entregamos mosquitinho nas salas e nos corredores todos ficavam sabendo das Assembléias, ía quem queria, nesta vez que vc não foi, foram umas, não me lembro exatamente agora, mas foram em torno de 15 ou 17, não chegou à vinte. Daí vc, suas amigas e mais outras pessoas dão os nomes para ir no busão, mas chega na hora pulam fora e chamam eleição, por favor né? isso não é um golpe? Mas tudo bem, nós voltamos após uma Assembleia Geral, em que nós não estavamos presentes (e fomos "depostos", não tinhamos mais o direito à nada, ao contrario estavamos restringidos até à usar o espaço físico do CAFIL. Mas tudo bem, chamamos aquela reunião (que agora vc disse ser Assembleia Geral) foram mais pessoas na que nós chamamos do na que vcs chamaram, e ainda assim vc invalidaram, deslegitimaram nossa reunião na frente de todo mundo, daí quando acabou uma galera veio dizer pra mim que o que vcs fizeram era mancada, eu falei pra galera, agora não adianta vim falar. Pô quer-ida Fran, podia ter esperado uma semana, o que adiantou, vc fez que fez, articulou tudo, e perdeu nas urnas, quer dizer vc não a Vania, vc estava na comissão, né? Bom não vou ficar aqui, relatando, ou para a sua infelicidade teorizando sem fundamentos, política é prática, como vc sabe muito bem através dos grandes escritos dos seus deuses, entre eles Stalen, ou se prefir um outro que te guie... Beijocas falças e com ódio, mas eu, ao mesmo tempo pesso desculpa por trazer a tona esses sentimentos... se vc quiser conversar no DCE ou no querido corredor do Bloco, fique a vontade, não guardo rancor, é apenas momentaneo. E me conte as novidades de Brasíla, gosto dessas fofocas também... Até...
Vânia, concordo com o que vc disse sobre ter novas pessoas atuando em conjunto com quem quiser ajudar, porque é assim que funciona, não é mesmo? Isso foi muito bom para o CAFIL, eu mesmo não quis me candidatar com outra chapa, ou junto com alguma, porque acredito na rotatividade. Mas o meu problema é com a forma que vcs chamaram a eleição, só isso. Boa sorte na sua carreira política, vcs levam jeito pra coisa. Saudações de sua preferencia, amem. Amor! Bon-de+ mais?

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Vânia, achei legal muito do que você disse no teu comentário. Infelizmente tem se tornado raros os comentários como o teu neste blog. Não sou da Filosofia, mas convivo muito com a galera há 2 anos que dividimos o mesmo quiosque e acompanho o que acontece no CAFIL. O CAFF e o CAFIL tem sido CAs irmãos desde que eu estou na UEM, inclusive foi graças ao Tiê que os dois CAs conseguiram o espaço físico. O Tiê muitas vezes sofre um massacre preconceituoso aqui, quando na verdade foi um dos alunos que mais tem se esforçado pelo CAFIL, e tem feito muito. Achei muito positiva a gestão da Thaís, da Gláucia e do resto da galera que esteve à frente do CAFIL, e eles mantiveram em muitos sentidos os aspectos mais positivos da autogestão. Concordo que foi muito bom que essa galera se politizou, e estou muito feliz em ver boa parte dessa galera participar hoje da Movimente-se UEM. E é bom lembrar que o Tiê, durante o último ano, tem participado ativamente do CAFIL enquanto que a Fran e o resto da turma do Bonde-UJS (inclusive você) não tem participado em quase nada. Essa é uma realidade que eu vejo no dia a dia, pois passo muito tempo no CAFF e no CAFIL. Tenho muitos amigos na Filosofia, inclusive dediquei um soneto decassílabo para essa galera: http://poemasdobarto.blogspot.com/2010/08/soneto-decassilabo-para-galera-da.html

Esse fato da da turma do Bonde-UJS não participarem do CAFIL em 2010, quando tiveram esse espaço, mostra, na minha opinião, que o interesse de vocês é simplesmente o poder. A forma como vocês puxaram eleiçoes em 2009 foi totalmente suja e mal intencionada, e uma vez que perderam a eleição que vocês próprias puxaram, simplesmente tiraram o corpo fora da reta. Entendo que o DCE ocupa muito tempo, mas não custava nada aparecer pelo CAFIL para contribuir com seus esforços. Tinham todo o direito de puxar eleiçoes, mas o certo seria ter esperado alguns dias para a galera ter voltado do evento em Toledo. Intencionalmente excluiram essa galera de participar, que no momento eram os únicos que se esforçavam pelo CAFIL, quando todos tinham o mesmo direito à voz e voto. Eu deixei em outro comentário o link de um post no meu blog de 2009 que fala sobre isso.

Concordo com você que o inimigo mesmo está lá fora, mas infelizmente alguns dentro da UEM ainda insistem em apoiar esses grupos que querem a privatização do ensino público. Para mim, e é minha opinião, a UNE representa justamente isso ao defender o Reuni e o Prouni, este último que dá dinheiro público para as universidades particulares em vez de aumentar as vagas e a acessibilidade nas universidades públicas. A UNE teve uma importância histórica muita grande, não nego isso, mas para mim ela se corrompeu totalmente. Tenho muitos amigos da UNE em outras universidades, pessoas sérias, que compartilham a mesma opinião e fazem oposição à UJS e à JPT, e só continuam porque acreditam que a UNE ainda pode mudar. Pode ser que mude, eu espero, porque do jeito que tá ela simplesmente vai dizer sim para tudo o que o governo federal pedir. Não concordo com as idéias da ANEL também, gostaria de deixar isso claro. Quando o poder é centralizado, em qualquer caso, como tem feito o Bonde na UEM, e todas as chapas anteriores (inclusive a Caminhando), para mim é um sinal que não é a melhor intenção que prevalece nesse grupo.

Obrigado pelo desejo de boa sorte e pelo comentário sensato! Você, assim como todos os membros do Bonde e todos os demais alunos da UEM, estão mais do que bem-vindos no DCE. Aliás, a participação de todos, especialmente da oposição organizada, é importantíssima para a realização do projeto que propomos.

Vânia disse...

Tiê,

Acho que o mais importante não são as urnas, se você acha isso, tudo bem, vai em frente, a carreira política, deixo para você.

Beijos

Tiê disse...

não estava falando de urnas, isso foi uma ironia... com amor...

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Poema à um camarada da Vanguarda Iluminada: http://poemasdobarto.blogspot.com/2010/12/poema-um-camarada-da-vanguarda.html

(Este poema é dedicado aos militantes dos partidos que defendem (ou dizem defender) o marxismo vanguardista, entre eles o PCdoB e o PSTU. Espero que nao se ofendam, é apenas um poema)

Vânia disse...

Tiê,

É, eu imagino por que você anda tão revoltado desse jeito, também, o blog inteiro tem comentários atingindo você, logo você né Tiê, um icone do movimento estudantil da UEM, um exemplo de militância, o cara que fez tudo pelo CAFIL, o cara que lutou bravamente para conseguir o espaço do bloco F05, o cara que sozinho percorreu os xerox da UEM para poder ver possibilidades de conseguirmos o nosso próprio e o cara que conseguiu que levou o xerox da filosofia para fora da UEM á 07,0. Poutz, com tantas conquistas suas, fico até sem jeito de falar alguma coisa.
Nas próximas eleições, me passa o seu numero, que voto em você.
Por que você é o cara.

Tiê disse...

Se for, ou não ironia, fico grato pelo seu reconhecimento. Sei que a luta por espaço fisico do CAFIL é antiga, assim como a casa do estudante, mas sei o quanto fui atrás dessa luta também, quanto às xerox, realmente dependeu bastante de mim, infelizmente, gostaria, no fundo do coração, que mais pessoas tivessem pesquisado propostas de convenios, mas infelizmente ir nas assembleias e falar, palpitar e até se comprometer, é mais facil, do que ir nas lojas e conversar.
Acho que aqui não é o lugar adequado para essa discussão nossa, ou no maximo da filosofia. porem tenho meu direito de resposta, que eu realmente estou pensando em abrir mão e parar com esse diz que disse. Bola pra frente, a história continua. Não fiz essas e outras coisas por mim, apenas, para inflar meu ego, fiz porque acreditava que seria bom ser feito. Quanto ao meu futuro politico, acredito mais na ação direta. pretendo continuar ativo, mas não como um partidário, porque para ser eleito somente é possivel se estiver dentro de partido. o que eu não desejo. Eu já falei, não quero ter o poder para mim apenas, mas quero que todos tenham o mesmo poder do que eu, do que o Silvio Barros, acredito que todos nós devemos decidir nosso futuro, ter autonomia. Se vão decidir algo que me afete, também quero ser consultado, ouvido, assim como os demais afetados devem ter esse direito.
essa é minha campanha. Meu número é zero zero!

Vânia disse...

Tiê,

Faz tempo que me cansei desse disse e não disse e as minhas palavras nas páginas desse blog se deram devido o seu comentário que citava meu nome e como vivemos em um país onde temos a "liberdade" para dizer o que pensamos, decidi que devia me manifestar a respeito.
Mas enfim, chega né? Por que tal discussão não nos levará a nada e se minha presença é insuportável para você faça como eu, seja indiferente, por que sinceramente, não perco meu tempo pensando em você, tenho coisas mais importantes para fazer e sinto muito se tem pessoas que é fissurada em você neste blog e não te deixa em paz. Mas eu, nada posso fazer a respeito, apenas posso dizer, que sinto muito.
Mas é isso ae! Bola para frente.

Anônimo disse...

Apenas duas coisas:

Tie diz: lembrou que vcs havião desinstituido nós em quanto nós estavamos fora?

Francielle diz: Uai, nao era a maravilhosa `auto-gestao`? (Ou era SUA `auto-gestao`?)

uahushuahsuahsuhaushuahsahsuh


Tie diz: Mas tudo bem, chamamos aquela reunião (que agora vc disse ser Assembleia Geral) foram mais pessoas na que nós chamamos do na que vcs chamaram, e ainda assim vc invalidaram, deslegitimaram nossa reunião na frente de todo mundo

Francielle diz: Verdade, tinha esquecido que TODAS as pessoas que estavam la tinham decedido que uma assembleia nao passasse por cima de outra... Por que se tivessemos `deslegitimado` sozinhas seria bem estranho, acha nao?
kkkkkkkkkkkkkkkkk
nossa, nao sabia desse nosso `poder` sobre as pessoas... Porra, vou convencer todo mundo da revolucao entao, ue...
asiudhiuashiudhasuihdiuashudihasuidhiua

E serio, vc fala muito coisa que e de se duvidar...





beijocas {verdadeiras e nao `falças`} pra todos, e em especial ao Tie. S2

Francielle CRuz disse...

O post de cima e meu, Francielle.

Anônimo disse...

ahhhhhhhhhh que sono...

Pâmela disse...

Pamela (responsavel pela cultura do DCE no ano passado, em que houve desvio de verba com curso de Teatro, que não aconteceu).

COMO É QUE É??
ACUSAÇÃO???? Já conversou com alguém que fez parte do curso? NÃO NEH TIE...
O professor que tinhamos abandonou o curso, e vc mesmo me viu conversando com o SEU professor de teatro para os alunos darem aulas vc se lembra desse dia?? É MUITO FÁCIL CHEGAR AQUI E ACUSAR AS PESSOAS SEM PROVAS E COLOCAR QUE ELAS ROUBAM OU FAZEM COISAS ASSIM... Não fiz parte do dce e nem da cultura pq queria pagar de bunita nao meu amigo, se essa sempre foi a sua vontade não a perpasse para as outras pessoas... Eu disse aqui nesse mesmo blog que eu faria parte da gestão, mas vejo que não tenho como fazer parte de uma gestão onde não se respeita as pessoas... Vc poderia muito bem chegar e me perguntar sobre as coisas, e se tem tanta certeza que desviei dinheiro Tie... POR GENTILEZA... PROVA AQUI... ALIÁS, PARTICIPAREI DAS REUNIÕES DA MOVIMENTE-SE UEM, afinal eu sou aluna da UEM e quero mudanças pra minha universidade, nao é estar tal ou tal no dce que vai mudar a minha vontade... E nessas reuniões vc poderá provar as suas acusações... e espero mesmo que vc as prove...

Eu só escrevo uma vez e não fico debatendo o que não vale a pena, então por gentileza nem se dê ao luxo de responder...

Anônimo disse...

ui ui ui, as meninas do bonde tao zangadinhas!!!
hhahahahahahahahhaahahhahahhahahah

cadê os beijunhus e abraços sem ter fim?

tomara que a galera da movimentese consiga que u adauto va preso por roubar a grana do show do velhas!

Anônimo disse...

De boa na lagoa.

hauahuahuhauhauhauhauhauhahuahuah

Tiê disse...

Fran só algumas coisinhas:
Primeiro se uma assembleia não pode ser superior a outra com menos pessoas e que aconteceu durante uma saída de campo (viajem para toledo, organizada pela Pati no CAFIL, em que vcs deram os nomes, mas não foram) Nesta sua argumenbtação o lógico é haver apenas uma assembleia a de fundação, por ser a primeira, segundo vc as outas não podem modifica-la. Até parece que vc não leu o Estatito, em que diz claramente que a assembleia é o orgão de representação maximo do CAFIL, não há nada superior à ela, seja comissão eleitoral, presidente... etc..
Desta forma vc acabou de assumir que foi um golpe. Vcs acabaram com as assembleias gerais, deslegitimaram a existencia delas, invalidaram a manifestação mais expressiva do CAFIL em anos de história.

Tiê disse...

segundo: não existe auto gestão minha, ou tua. O que existia eram assembleias divulgadas em sala e corredor, em que todos tinham direito a voz e voto.
Mas infelizmente o que ocorre é que a maioria prefere se oucupar com outras coisas e não com o CAFIL, daí sobra sempre pros mesmos. Mas eu nunca proibi alguém de falar ou fazer algo, ao contrario, sempre possibilitamos a participação, vcs mesmos iam nas reuniões, mas sei lá, viam que o partido ali dentro não tinha vez e desencanaram de ir, tentaram se eleger... Mas perderam, ainda bem.
Vc tem poder sim, vc não era a presidenta dos secundaristas do PR? Coordenadora do DCE, na mesma época? Ocorre o seguinte, a maioria das pessoas que foram na assembleia não queriam se expor, falar ou propor, dar a cara à tapa. Isso acontece, daí fica mais fácil de arquitetar um golpe, fazer uma ata que proibe assembleias até um presidente ser empossado.
Bom mas espero que nos corredores nos falamos sem rancor, porque ter perdidos as eleições abalou o coração amoroso de vcs né?
Quanto às minhas acusações, sabem do que estou falando, não fijam de desentendidos. Não houve curso de teatro, não houve notas do Velhas Virgens... e blablabla.
Mas beleza, vá às nossas reuniões assembleias e CEEBS, por serem nossas, minha, de vcs, de todos estudantes da UEM. ah e de preferencia levem os livros de finanças que faltam para o DCE, assim como as notas. Aproveitem e peguem aqueles livretos dos convenios da carterinha da UNE, e as carterinhas também, que estão lá só atrapalhando, aquela lixarada da UNE, paga pelos estudantes e pelos patrocinadores conveniados, coitados, mal sabiam onde se metiam, tudo lá parado.
nos vemos nas reuniões e corredores da UEM.

Anônimo disse...

Tiê, de leve na neve.

Anônimo disse...

Tiê,

Então, você acredita que aquelas 35 pessoas abaixaram a cabeça para a Fran e ela deslegitimou a assembléia?
Quantas pessoas questionaram aquela atual gestão? Quantas pessoas explicaram para você em sala de aula os motivos pelos quais queriam mudar a realidade do CAFIL? Quem foram as pessoas que contribuiriam com as acusações?
Pelo que me lembro, muitas pessoas falaram, falaram e falaram e na sua cara.
Foi difícil né? Mas para acontecer aquilo, todos tinham que estar de acordo e se os estudantes falaram para você que foi mancada, difícil entender isso, quando eles votam para puxar as eleições e como você disse "TE DESTITUIR DO PODER".
Chega de lenga, lenga, você está chamando os estudantes do curso de filosofia de otários? Só por que você foi destituído do poder por voto unanime. Se aconteceu tudo aquilo é por que a insatisfação era geral. Acorda, para de sonhar e tentar arrumar desculpa, aceite a realidade.
Se alguém é golpista naquele curso, são todas as 35 pessoas que apoiaram a decisão, pegue a lista da assembléia e vai lá, enche o saco de um por um, pelo menos assim, vamos dividir juntos o peso da "TAL CULPA" que você diz que alguém tem.
Para de chorar rapaz.

Tiê disse...

Anonima escondida. Essa tal assembleia não tinha 35 pessoas, para de mentir...
Depois da assembleia algumas pessoas me procuraram para reclamar da atitude de vcs, mas eu falei agora não adianta mais... Se eles quisessem vcs lá, vcs teriam ganho, mas foi o oposto do que acontesseu, vcs perderam por uma diferenssa do dobro de votos. todos sabiam qual era a chapa de vcs, não foi por engano, acorda.
Tem mais, as pessoas que contribuiram para as acusações foram apenas vcs do bonde, mais um aluno daquele quarto ano, que não esta mais em Mgá para encher o saco. O Marco que já é formado, fez algumas sugestões de legalização da auto gestão, ou uma eleição para solucionar o impasse. Mas ta falando que 35 pessoas meteram o pau na assembleia, vê se acorda também. A maioria tava lá pra ver o circo (armado pelo Bonde) pega fogo!
E vê se dá as caras, para nós podermos crescer juntos um pouquinho.

Anônimo disse...

QUE DESESPERO DAS BONDIANAS!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tiê disse...

Olha o nível, galera, não vamos cair nesse joguinho...

Bartolomeu Parreira Nascimento disse...

Não há necessidade de ofender ninguém, vamos manter o nível e usar argumento em vez de ofensas.

Afinal das contas, não somos o Bonde para nos reduzir à esse nível.

Anônimo disse...

Engraçado é que essas pessoas que se revoltaram e desceram o pau na gente não falou nada na reunião, podiam ter se manifestado.
Aquele não era o momento, não agora, depois de mais de 1 ano.
Mas tudo bem,

Vai continuar até quando essa discussão a sua verdade contra a minha verdade?

Ficou chato isso, já!

Estou saindo da discussão.

Falow.

Francielle Cruz disse...

Quantos "argumentos" hein?
iUHAIUHAIUHAIUHIUSAHIUSHAUIHSIUAHSh

Boa sorte na gestão ai, galera!

Nos vemos no [verdadeiro] movimento estudantil.

;*

Anônimo disse...

Espaço para discutir pautas a respeito do Centro Acadêmico de Filosofia.

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=77870605

Entrem ai,

Pelo menos iremos trocar idéia com quem realmente interessa esse assunto, os estudantes do curso de filosofia.

No mais, estou bem de boa desse blog.

Anônimo disse...

Vânia - esqueci de assinar.

Pedro disse...

"Verdadeiro" movimento estudantil é jogar sinuca no DCE e prometer devolver Brasil à Portugal. E é claro pintar tudo de rosa. Isso que é movimento estudantil. Fiquem de boa do blog mesmo, ninguém ta interessado no monte de merda que vocês falam.

Tiê disse...

Agradeço à Vania por ter postado a comunidade de filosofia no orkut. Também acho que lá é o melhor lugar para esse debate entre auto-gestão e presidencialismo no nosso pequeno curso. O que ocorreu aqui, como podemos ver, foi uma provocação por parte do bonde, lá no início dos tópicos, em que falaram que devolvemos o CAFIl em pior estado e etc... por isso quis responder e dar trela presse debate no lugar errado. Mas já passou.
Peço desculpa aos demais companheiros da Movimente-se e da UEM por ter acarretado pensamentos e emoções indesejáveis neste Blog.

Igor Borck disse...

Porque a resposta é política!
e tem que ser política!

Abraço pessoal!

Cibelle disse...

Se vocês estão bem de boa do blog, façam o favor de não tumultuarem as discussões do mesmo..
É um porre entrar aqui pensando que discussões surgirão e encontrar disputinhas de ego e gente querendo dar o ar da graça para não ser esquecido..


Até..

vick disse...

não quero participar desse bate boca cansativo, mas preciso esclarecer um dos primeiros comentários sobre o CAFIL: a "auto-gestão da filosofia" não deixou dívida alguma a atual gestão irregular, muito pelo contrário.
auto-gestão e irregularidades são situções comuns em muitos c.a.s na UEM hj e sempre. se isso é um problema para alguns, existem melhores maneiras de se fazer algo para mudar isso, como através do diálogo, da clareza crítica e da apresentação de novas propostas para serem pensadas e discutidas pelos alunos de filosofia. parece-me que nenhum desses pontos estão presentes nesse tiroteio sem sentido.

Anônimo disse...

Quantos esclarecimentos!

Porque não publicam aqui como anda a discussão da Calourada que anda a mil!

Não vão descentralizar a construção dessa calourada!?

Postem as conversas com a Reitoria sobre os conselhos e políticas gerais da UEM...?? o Barto não disse que ia postar?

Será que se confirma que não haverá nenhuma batida de verdade na Reitoria além de panfletinho e cartinha?

Quem decidiu pintar o DCE?
Quem escolheu a Cor?
Quanto custou?

Falta muito para descentralizar o DCE!

enquanto isso os Xérox do DCE continuam caros e o DCE não faz nada com isso! (isso que eles já confirmaram que os xérox são deles).

Vamos trabalhar minha gente!

Alyne Rubio disse...

Olá... fiquei bastante tempo sem ler o blog, mas pelo jeito ele esteve bem badalado hehehe... Só queria dizer (e prometo nem voltar aqui pra não discutir mais este assunto que na verdade nem tem a ver com o post), que quando cheguei aqui eu era uma completa ignorante para assuntos como esses, políticos. Eu aprendi a gostar de ver os debates, de ler os blogs, de ficar atenta às propostas das chapas, coisa que nem imaginava fazer... Quando aconteceu o tal do golpe, caí de para quedas numa discussão que não entendia bem, mas que hoje eu entendo melhor... não sei se foi melhor a auto-gestão ou fazer as eleições todos os anos... Eu admiro muito o Tiê, a Vick, a Pati, o Élinho, pelas conquistas que tiveram ali pra gente, pois, não é todo mundo ali que está interessado em mudanças, melhoras, mas sim, estão interessados em se formaram logo e tchau. E também admiro muito a Fran, a Vânia e a Pâmela por terem me ensinado também bastante coisa e por sempre terem respeitado a minha posição de não se envolver tão a fundo nessas questões, assim como vcs resolvem, talvez por ainda ter muito o que aprender.
Mas quero chegar no seguinte... Vocês todos, tão inteligentes, determinados, claro que, de diferentes partidos políticos, outros sem partido nenhum, mas pessoas em busca do mesmo ideal: o melhor para seu curso e para a uem... sinceramente eu não entendo o pq de tanta alfinetada, briga, desentendimento...
Tantos ataques um para o outro de chapa para chapa, quando na verdade, poderiam estar trabalhando todos juntos ...

Claro que sou muito leiga neste assunto e muitos vão achar esta posição idiota, rsrs, mas como todo estudante da uem, também tenho voz. E este comentário é voltado mais ainda ao público anônimo deste post. obrigada! beijos :D

Rafael Borges Borri disse...

Mas pelo que eu entendi, é exatamente esta a ideia da chapa Alyne. Nas reuniões todos terão direito a voz e voto. Todos poderão trabalhar pelo bem da Universide.